Home / Notícias / Terremoto na Itália – Número de mortos sobe para 260

Terremoto na Itália – Número de mortos sobe para 260

06mapaitaliaa

Equipes de resgate continuam os trabalhos sob a luz de lampiões na gelada madrugada de quarta-feira a procura de sobreviventes do terremoto na Itália. Retiraram mais corpos dos escombros, subindo o número de mortos para 260.

Milhares de sobreviventes do pior terremoto italiano em 30 anos pernoitaram em tendas, sob uma série de tremores secundários que continuou atingindo a montanhosa região de Abruzzo.

Os novos tremores surgiram durante toda a noite, crescendo a tensão entre a população local. O mais violento desde segunda-feira dispersou a equipe de resgate e derrubou prédios que já estavam abalados.

O prefeito local afirmou que uma pessoa morreu no bairro de Roio. O tremor secundário, de magnitude 5,6; foi sentido nos andares mais altos em Roma, cerca de 100 Km a oeste.

Um homem de 76 anos faleceu de ataque cardíaco na capital italiana durante um dos tremores.

O primeiro-ministro Silvio Berlusconi tem aconselhado as pessoas não retornarem para suas casas. Ele declarou estado de emergência nacional e mandou tropas militares para a área. Também cedeu barracas e 16 cozinhas móveis para acomodar e alimentar cerca de 14 mil desabrigados.

As equipes de resgate festejam a retirada de uma moça de 20 anos com vida, que passou 42 horas debaixo dos destroços de um prédio de quatro andares.

O primeiro funeral de uma vítima acontecerá nesta quarta-feira, na cidade de Loreto Aprutino. Aproximadamente 1.000 pessoas estão feridas, das quais cerca de 100 com gravidade, e há mais 50 desaparecidos.

Sobre Patrick Wilson

Patrick Wilson tem 33 anos, é Professor de Ciências Tecnológicas na PUC /SP.
Fascinado por tecnologia, futebol e tudo o que acontece no dia-a-dia e que valha ser compartilhado na Web.

Veja Também

Marina Silva Falece em Recife, defendendo o Pastor Feliciano

Marina Silva morreu politicamente hoje, dia 15 de maio, vítima dela mesma. Expirou de mãos …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *