Home / Tecnologia / Android / Tablet Ainol Novo 7 Paladin – Review de Tablet Supreendente com Android 4 Ice Cream Sandwish

Tablet Ainol Novo 7 Paladin – Review de Tablet Supreendente com Android 4 Ice Cream Sandwish

Vamos falar aqui de um produto que me animou muito: Tablet Ainol Paladin 7 ou Novo 7 Paladin, como é identificado pelo sistema.

Um tablet de baixo custo com Android 4 que supera expectativas. Variando entre R$300,00 a R$500,00 destrona o GT-7220, da Genesis como o melhor Custo/benefício. O Paladin 7 é muito superior ao tablet da Genesis.

Tela de 7″ Capacitiva, 8Gb de armazenamento, 512 Mb RAM, Processador de 1 Ghz, GPU de 444 Mhz são apenas algumas características do Tablet Ainol Novo 7 Paladin

Android 4 – Ice Cream Sandwish

O Ainol Paladin 7 foi o primeiro tablet do mercado a vir equipado com o Android 4. A experiência com o sistema é maravilhosa. Muito diferente do Android 2.1, 2.2 e 2.3. É muito mais simples e agradável utilizar o Ice Cream Sandwish.

Design

O Design não é o ponto forte do Tablet Paladin 7 da Ainol. Observando a primeira vista, lembra um desses aparelhos GPS. Seu acabamento é em preto fosco e não é tão fino – ele tem 12 mm de profundidade, contra 8,8 mm do Ipad, por exemplo.

Porém é relativamente leve, pesando cerca de 370 gramas – o Ipad pesa 600g. Mas a comparação com um GPS acaba aqui, pois as funcionalidades do Tablet o tornam muito interessante.

 

Tela Capacitiva 7 polegadas

Eu que já havia gostado da tela do Gt-7220, mas fiquei impressionado com a Tela do Tablet Ainol Paladin. O tempo de resposta é muito parecido com o do Ipad, Galaxy Tab e de outro tablets tops de linha.

O tamanho da tela é de 7 polegadas, e aceita 2 toques simultâneos – Multi-Touch Capacitive.

A tela utiliza tecnologia de led e sua resolução é de 800X480. E possui mais pontos por polegadas (ppp) que os demais tablets de 7, aproveitando melhor os espaços da tela. O que na prática permite que as páginas de internet sejam visualizadas de forma adequada, por exemplo. Além de outras melhorias notadas na exibição de imagens e vídeos.

 

Processador Veloz de 1Ghz

O processador do Paladin7 é extremamente rápido. É um Ingenic JZ4770 Xburst de 1 Ghz dedicado ao sistema, ou seja, não compartilha com os gráficos de vídeo, como ocorre com a maioria dos tablets de baixo custo – os da Genesis, por exemplo. Não existem “engasgos” na hora de utilizar os apps. Basta tocar a tela e tudo responde de forma sutil e rápida.


Processador de Vídeo de 444 Mhz – GPU: GC860

Um dos pontos fortes, talvez o mais forte deles, é a parte gráfica. Os gráficos de vídeos do Tablet Ainol Paladin são controlados por um processador independente de 444 Mhz. Isso torna o Paladin 7 muito mais eficiente e veloz. Afinal, o processador principal fica livre para o sistema.

Testei diversos jogos HD como Spider-Man, Heros of Sparta, Assassin´s Creed, Brothers in Arms, e todos rodaram sem nenhuma dificuldade.

Não apenas jogos, mas toda interface do Android e aplicativos ficam muito mais bonitos devido a processamento dedicado de vídeo e 3D.  A boa resolução unida ao alto processamento de vídeo tornam as imagens muito mais nítidas.

O Paladin 7 também roda filmes HD 1080p perfeitamente. Sem travar e sem “engasgar”.

 

Memória RAM e Armazenamento

O Ainol Paladin possui 512 MB de memória Ram, o que considero boa quantidade. O armazenamento interno é de 8 Gb e pode ser expandida com Micro-SD para até 32Gb.

 

Conexões wi-fi, Bluetooth e 3G

O Paladin 7 possui conexão Wireless para acesso a internet. Não possui 3G nativo, ou seja, precisa de um modem – aliás nenhum tablet de baixo custo possui. Modens suportados: HUAWEI1750, E220, E161, E261; ZTE MF80, MF637U.

Não possui Bluetooth – ao menos para mim não faz a menor falta.

 

Bateria que dura

A bateria também vai além do convencional. Com Wi-fi ligado e executando jogos, ela dura cerca 4 horas. Se utilizada para leitura ou navegar na internet, chega a durar até 7 horas.  A maioria dos tablets anunciam esse tempo de duração de suas baterias, mas na prática não é assim. A bateria do Gt-7220 ou do gt-7104, por exemplo, duram cerca de 2 horas ou menos na execução de jogos. Claro que essa boa duração da bateria do Paladin reflete na hora de dar carga. A demora é considerável. Mas vale a pena

 

Botões Físicos e Conexões

– Botão Liga/Standby/Desliga
– Botão Menu
– Botão Back
– Controle de Volume +/-
– Reset
– Mini USB (OTG)
– Microfone (captação de som)
– Entrada Mini SD Card (TF card port)
– Entrada de Fones
– Alto Falantes

 

Itens que Acompanham

– Carregador
– Cabo USB
– Fone de Ouvido
– Manual de Instruções

 

Impressões de uso

Leitura de e-books – O uso para leitura é ótimo, pois o peso e o tamanho é semelhante a de um livro impresso. A tela não cansa as vistas e é possível configurar o tamanho das letras, assim como o tipo.
Recomendo os apps Aldiko ou Moom Reader para ler e-books.
Suporta arquivo epub, txt, doc e docx, pdf, entre outros.

Navegar na Internet – Não tem a mesma eficiência de um notebook ou PC, mas não decepciona. E claro é muito melhor que navegar num Smartphone.

Possui suporte a Flash, Java, ou seja, as páginas são exibidas corretamente.

Assistir Filmes – Muito boa experiência de assistir filmes no Ainol Paladin. A definição é excelente e dá para assistir até mesmo filmes com legenda. A tela de 7 não é um empecilho devido a alta proporção de pontos por polegada.
Roda vídeos no formato: MKV, TS, WMV, ASF, RMVB, RM, AVI, FLV, 3GP, MPG, DAT, VOB, MP4, M4V, MOV.

Ouvir Músicas – Os alto falantes não são eficazes quanto o de um Galaxy 5, mas são adequado.
Usando fones a experiência fica perfeita.
Suporta os seguintes formatos de áudio: MP3, WMA, AAC, M4A, OGG, WAV, FLAC, APE.

Redes Sociais – Para quem gosta de usar Facebook, Twitter, Orkut, e tantas outras redes sociais, irá adorar o Paladin 7.

 

Conclusão

Apesar de não possuir câmera e não ter um design tão bonito, o Paladin 7 da Ainol é um Tablet empolgante. Com funcionalidade que surpreende e desempenho comparado aos tablets Tops de linha. Nem parece um Tablet Chinês. Até a embalagem passa segurança de estar adquirindo um produto de qualidade.

 

Caixa da Embalagem do Tablet Ainol Novo 7 paladin

 

Video Tablet Ainol Paladin 7

Sobre Patrick Wilson

Patrick Wilson tem 33 anos, é Professor de Ciências Tecnológicas na PUC /SP. Fascinado por tecnologia, futebol e tudo o que acontece no dia-a-dia e que valha ser compartilhado na Web.

Veja Também

Vocalista do Cranberries, Dolores O’Riordan, morreu em Londres

O ano de 2018 mal começou e já traz tristes notícias ao mundo da música. …

3 comentários

  1. estava procurando essas análise desses tablets

  2. Comprei um moço desses e tudo que você falou está totalmente no contexto indo e vindo. O único incoveniente é a maioria dos aplicativos dele que vem de fábrica em CHINES, eu já fiz várias experiências com ele, faltando agora um downgrade para outras versões de Android, e a instalação do Ubuntu Linux nele. É um excelente investimento para os que não querem muitas frescuras nem perfurmarias sem uso. A do bluetooth é uma, coisa sem utilidade pra mim tb. Gilberto,

  3. achei muito interessante, o blutooth tbm não faz deferença para mim, mas a camera faz, pra mim só faltou isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *