Penelope Cruz – Um pouco da Vida da Atriz Espanhola protagonista do filme Abraços Partidos

0
676 visitas

Nascida em 28/4/1974, em Madri (Espanha). Estudou balé clássico durante nove anos no Conservatório Nacional de Espanha e, aos 15, foi selecionada por uma agência de talentos, dando início a participações em shows televisivos e videoclipes, até sua estreia no cinema com Jamón Jamón (1992), do diretor Bigas Luna, atuando ao lado de Javier Bardem, com quem voltaria a contracenar em Carne Trêmula (1997), de Pedro Almodóvar, e Vicky Cristina Barcelona (2008), pelo qual conquistou o Oscar de melhor atriz coadjuvante. Alternando produções espanhóis (Sedução, Abre Los Ojos, Tudo Sobre Minha Mãe) com americanas (Profissão de Risco, Vanilla Sky, Nine), Penélope passou a ser reconhecida pela crítica por Volver (2006), sua terceira parceria com Almodóvar, repetida em Abraços Partidos (2009).

Abraços Partidos
(Los Abrazos Rotos, ESP, 2009, Cor, 127’)
Universal – Cinema Europeu – 14 anos
De: Pedro Almodóvar
Com: Penélope Cruz, Luís Homar

Em um trágico acidente de carro, o cineasta Mateo Blanco perde a visão e sua amada, Lena. Já que não pode mais exercer sua profissão, ele troca de identidade e atividade, passando a se chamar Harry Caine, escritor e roteirista.
Comentário: Em Abraços Partidos, Pedro Almodóvar dá continuidade à fase madura iniciada em A Flor do Meu Segredo (1995), com mais paixões sufocadas, referências cinéfilas nostálgicas e, como sempre, grandes personagens
femininas – a última delas, claro, interpretada por Penélope Cruz, em seu quarto trabalho com o cineasta. A trama
labiríntica do filme alterna a história de um diretor de cinema em dois momentos: no passado, vivendo um romance proibido com a personagem de Penélope; no presente, cego e trabalhando como roteirista. Ao manter sua assinatura
autoral, Almodóvar se apropria do melodrama clássico para apontar o cinema como única possibilidade de redenção para suas personagens, fazendo declaração de amor à sétima arte e a seu ofício. Para ele, o cinema é maior que a própria vida.

Possibly related posts: (automatically generated)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar!
Digite seu nome!