O EXÉRCITO NACIONAL E O TRÁFICO DE DROGAS


De acordo com dispositivo constitucional, as forças armadas brasileiras têm por objetivo a defesa da Pátria e a garantia dos poderes constitucionais.
Ainda por definição da lei maior, as mesmas forças armadas são formadas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica e definidas como instituições nacionais permanentes e regulares (art. 142).

Em decorrência dos fatos históricos, claro está que na ordem cronológica, o Exército Nacional é a mais antiga das três forças armadas, pois embora não sendo ainda uma entidade regular formada a partir de uma definição legal, mesmo antes de se tornar uma nação livre e independente o Brasil colônia soube reunir o seu povo, então formado por brancos, índios e negros, para, como força militar, expulsar os holandeses de nosso território já em meados do século XVII (1648).

O ideal de defesa da nação foi se forjando a partir desse grandioso acontecimento, até que em 1822, com a proclamação da Independência firmou-se o Exército brasileiro, de modo definitivo, como a entidade destinada a garantir a ordem jurídica no país que acabava de nascer, tanto com atuação no sentido de sufocar a reação de grupos rebeldes, como para manter a união nacional, dentro do vasto território que abrigava a nação.

Muitos outros papéis importantes desempenhou o Exército brasileiro, a partir de então, como pode ser citada a época da proclamação, e, bem assim, da consolidação da República, e, ainda mesmo, fora do país, no caso da II guerra mundial, sempre se havendo de modo eficiente e elogiável, nunca deixando de ser a entidade garantidora da ordem e do respeito aos poderes regularmente constituídos.

Se, porém, o Exército Nacional, com toda a sua capacidade e eficiência, tem agido sempre com correção, na verdade, ainda por definição constitucional, não é a entidade que deve atuar, dentro do território nacional na preservação da ordem pública interna e da incolumidade das pessoas, e bem assim de seus respectivos patrimônios.

Na verdade, esse mister é desempenhado pelas polícias, tanto a federal, como as estaduais.

Por isso, é necessário que se faça uma clara distinção entre os objetivos do Exército e os da polícia, o que trará também diferentes modos de treinamento, nos seus respectivos contingentes, e, muito mais ainda, nos tipos e espécies de equipamentos utilizados pelas duas entidades.

Com efeito, as forças policiais estão em contato mais próximo e direto com as pessoas do povo, tendo em vista a sua principal atividade, que vem a ser o zelo pelas pessoas do povo, o que é bem diverso do Exército, que está preparado par agir em circunstâncias mais graves e abrangentes.

Por isso, não é de todo recomendável que tropas do Exército sejam chamadas à ação quando se trata de agir junto às pessoas, de modo mais moderado, para a manutenção da ordem.

Ocorreu, porém, recentemente, que um dos Estados-Membros da nação solicitou, junto ao governo central da República, o auxílio de algum contingente do Exército, para fazer, em seu território, trabalho de policiamento, de ruas e locais públicos, em sua capital, partindo do princípio de que a criminalidade, na ocasião bastante ativa no setor de tráfico de entorpecente, estaria fugindo ao controle da polícia estadual.

O que se viu, em conseqüência do atendimento dado pelo governo federal ao pedido do Estado-Membro, com situações às vezes chocantes, foi surpreendente para muitos observadores, mas, não se tratou de nada imprevisível, exatamente porque o Exército brasileiro não se encontra preparado para coisa diversa de sua função, claramente descrita no texto constitucional.

Mas, fica a lição: os Estados-Membros devem se equipar e preparar adequadamente par o combate ao crime, não transferindo essa atividade para outrem.

Tunico Vieira


Currículo

Aos 34 anos de idade, é advogado pela Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo e pós-graduado em Política Internacional pela Escola de Sociologia e Política de São Paulo.

Aluno residente (Ciências Humanas) na Berkeley University of California, nos Estados Unidos, cursou Administração Pública e Privada no Instituto Nacional de Administração, em Lisboa, Portugal e pós-graduação em Políticas Governamentais pela Universidade de São Paulo (USP).

Concluiu estudos sobre Política e Estratégica Nacional na “ADESG”. Foi diretor da OAB de São Bernardo do Campo e presidente do Centro Acadêmico XX de Agosto. É presidente do diretório municipal do PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro) e membro do Rotary Clube.

Elegeu-se Vereador de São Bernardo do Campo em 2000 e é o Líder da Bancada do PMDB.

No Biênio 2001/2002, integrou quatro Comissões Permanentes da Câmara Municipal de São Bernardo do Campo, sendo: da Lei Orgânica do Município como Presidente; de Constituição, Justiça e Redação como Vice-Presidente; de Saúde e Promoção Social como Suplente e da Comissão de Legislação Participativa como Presidente.

Em 2002, convidado pelo Prefeito de Miami, Flórida, EUA, atuou em todos os Departamentos da Administração daquela cidade.

Atualmente é o Vice-Presidente da Câmara Municipal de São Bernardo do Campo e integra seis Comissões Permanentes:
. Presidente da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania;
. Vice-Presidente da Comissão da Lei Orgânica do Município;
. Vice-Presidente da Comissão de Finanças e Orçamento;
. Secretário da Comissão de Legislação Participativa;
. Secretário da Comissão de Fiscalização de Contratos e Convênios;
. Secretário da Comissão Mista.

What's Your Reaction?

Angry Angry
0
Angry
Fail Fail
0
Fail
Geeky Geeky
0
Geeky
Lol Lol
0
Lol
Love Love
0
Love
OMG OMG
0
OMG
Scary Scary
0
Scary
Win Win
0
Win
WTF WTF
0
WTF
Patrick Wilson
Patrick Wilson tem 33 anos, é Professor de Ciências Tecnológicas na PUC /SP. Fascinado por tecnologia, futebol e tudo o que acontece no dia-a-dia e que valha ser compartilhado na Web.

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O EXÉRCITO NACIONAL E O TRÁFICO DE DROGAS

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format