Genocídio Gay ou Heterofobia Estatal?

1
1.463 visitas

117 - parada gay - 09-06“Alguma coisa está sendo perdida nessa estatística. A cada ano, 50.000 brasileiros são assassinados, o que dá 138 brasileiros por dia, ou 414 a cada três dias. Se a questão é que, como afirmam os gays, “um homossexual é assassinado a cada três dias”, isso dá 1 a cada 414 pessoas. Ou seja, 0,25% dos assassinatos totais. Ocorre que o próprio movimento gay declara que o número de homossexuais na população brasileira atinge o percentual de 10%. Juntando essas duas afirmações, se verídicas (procedem, ambas dos grupos gays) chega-se à conclusão que morrem menos homossexuais do que o restante da população (414 x 10% = 41). Isto é, morrem 40 vezes menos homossexuais do que heterossexuais. De acordo com essas estatísticas distorcidas, a melhor forma de escapar com vida, no Brasil, é virar gay”.

Continuem lendo essa matéria que é ótima e faz uma análise do que é a imposição gay no Brasil. E antes de você sair por aí gritando a favor do homossexuais, seguindo a moda, informe-se.

Continue lendo: Genocídio Homossexual, ou Heterofobia Estatal? A arte de distorcer estatísticas

COMPARTILHAR
Artigo anteriorAter Internet – Soluções em WebDesign, Marketing e TI
Próximo artigoMichael Jackson Morreu

Patrick Wilson tem 33 anos, é Professor de Ciências Tecnológicas na PUC /SP.
Fascinado por tecnologia, futebol e tudo o que acontece no dia-a-dia e que valha ser compartilhado na Web.

1 COMENTÁRIO

  1. oi a parada de sao paulo é a melhor mas no quesito segurança deixa a degeja e muito pois como esta seno o melhor evento tambem deveria ter mas segurança mas
    nao tem
    isso so faz com que as pesssoa de outro paiz nao quuera mas partisipaeu trabalho nu hotel que muito foro robado na parada gls

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar!
Digite seu nome!