Como Utilizar o Google Analytics – Tutorial Completo – Parte 3/6


Agora que já sabemos organizar os vários perfis do nosso site, vamos aprender a criar os filtros básicos e disponibilizar acesso a outros usuários.
Falamos por alto no texto anterior, mas nessa parte, vou mostrar com prints de tela, pois acredito que fique mais fácil.
Para criar acesso aos relatórios do Google Analytics através de sua conta, você deve selecionar a opção “Gerenciador de usuários”, como vemos na imagem abaixo:

Depois de clicar em “Gerenciador de usuários”, você vai para a próxima tela, onde é possível visualizar quantas pessoas já podem acessar esses relatórios:


Clique na opção “Adicionar Usuário” e você vai para uma nova tela onde a brincadeira realmente acontece!

A imagem anterior mostra que você deve inserir um endereço de e-mail válido para o Google Analytics. Depois, você determina o tipo de acesso que esse usuário vai ter e por último você escolhe que site vai ficar na sua conta. Caso você selecione a opção “Administrador”, não será preciso dizer quais perfis o usuário vai ter acesso, pois como administrador, o usuário tem acesso a todos os perfis da conta.
Se você decidir usar o “Visualizar relatório” apenas, aí você precisa escolher o perfil e clicar em “Adicionar”, do lado esquerdo para o direito, como mostra a tela anterior. Por último, clique em “Salvar alterações” e um novo usuário poderá acessar os relatórios do seu site.
Para “Gerenciar Filtros”, você deve usar o link como na imagem abaixo:


Os dois principais filtros que podem ser criados (e que já ajudam bastante) são os filtros para excluir tráfego de um endereço web e de um endereço de IP. Muitas vezes, você deseja desconsiderar o acesso de um site parceiro ou até mesmo deseja desconsiderar o IP da empresa onde trabalha. A seguir, você poderá ver as duas formas de configuração.

Na imagem anterior, temos a tela onde é possível fazer a exclusão de um endereço de IP.

Na imagem acima, vimos um exemplo de como configurar a exclusão de todo o tráfego de um domínio. As duas opções são ótimas e por mais que pareçam básicas, tem muita empresa por aí que não faz essa configuração. Ou seja, os números não têm precisão. Vendo um relatório assim, você pode até achar que está indo bem, mas no fundo está muito mal com relação à performance do seu site.

Bom, a parte bem básica sobre uso de Google Analytics já está praticamente finalizada. Na próxima edição, vamos aprofundar um pouco mais no aprendizado de funil de compra, configuração de metas e também vamos começar a aprender a mensurar nossas campanhas de banners, com a ferramenta “Criador de URL”, e de links patrocinados com a ferramenta de “Acompanhamento de conversões”. Até lá!

Artigos Relacionados:

What's Your Reaction?

Angry Angry
0
Angry
Fail Fail
0
Fail
Geeky Geeky
0
Geeky
Lol Lol
0
Lol
Love Love
0
Love
OMG OMG
0
OMG
Scary Scary
0
Scary
Win Win
0
Win
WTF WTF
0
WTF
Patrick Wilson
Patrick Wilson tem 33 anos, é Professor de Ciências Tecnológicas na PUC /SP. Fascinado por tecnologia, futebol e tudo o que acontece no dia-a-dia e que valha ser compartilhado na Web.

Comments 0

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Como Utilizar o Google Analytics – Tutorial Completo – Parte 3/6

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Countdown
The Classic Internet Countdowns
Open List
Submit your own item and vote up for the best submission
Ranked List
Upvote or downvote to decide the best list item
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format