Base para verniz – Sabão de Própolis

4
3.715 visitas

Tiago

Na elaboração de uma base para o verniz andei pesquisando sobre o sabão de própolis, porém nehuma das receitas q encontrei são totalmente esclarecedoras. Como, por exemplo, se dissolve a resina? Se algúem souber algo a respeito e puder postar aqui eu agradeço.(se puder postar a receita inteira melhor ainda)

27/07/07

DON MORCEGO

vernis

900ml-alcool absoluto

125gr- de goma laca

50gr- sandrac

30gr- mastic

30ml- terebentina

15gr- propolis em pedra

28/07/07

CESAR

verniz

Me desculpem a intromissão. Mas esse verniz é passado com que pincel ou boneca? E outra coisa tirando o alcool, a goma laca, o próplois e a terebentina, o resto do material se compra aonde???????????

06/08/07

Jorge Augusto

Pra que serve cada componente???

Morcego, se vc puder ajudar, pra que serve cada componente desses???

Valeu!

13/08/07

Jaison

olha pode naum ser oq vc ker, mas são duas receitas d como fazer verniz, uma inclusive eh a do nosso amigo morcego aew, http://www.violins.on.ca/luthier/varecipes.html

eh um dos sites q tinha postado anteriormente aki

13/08/07

Luthier Tavares

Sabão de Propolis?

Nunca ouvi falar, mas se existe é pra lavar e contem soda. como todo sabão.

04/09/07

Marciano

sabao

o sabao serve para o tratamento interno da madeira do isntrumento

05/09/07

Luthier Tavares

AI VOCE ABRE O VIOLINO, PASSA NA MADEIRA E FECHA NOVAMENTE.

Essa é muito boa, ……………..grande utilidade.

Voce que fabrica este sabão?

05/09/07

Marciano

sabao

nao sou eu que faso

mas aprendi faser com um frances damien lagarde voce usa o sabao en faze de costruçao

13/10/08

Atelier

se nao me engano a receita desse verniz é muito difusa pelo grande W. Fulton.

o Gedson já deve ter usado ele

já que ele é aluno grande Massimo Negroni, que é um excelente luthier e conhece muito vernizes.

Sergio

Não pequei bem a idéia sobre o sabão de própolis…aproveitando o tópico alguém usa ou já usou Dicromato de potássio para efeito de oxidação da madeira?

05/11/08

Atelier

Sergio eu já usei sim, já usei dicromato e silicato tbm

mais eu nao curti muito, da um efeito legal, mais nao é agradavel aplicar nao kkk

09/11/08

Marcelo

lá na espanha…

estive viajando pela espanha em busca “DOS CARAS”. Achei alguns luhtiers que permitiram minha entrada em suas oficinas e até me deram uns belos toques.

Se interessar pra alguém , aí vai uma dica preciosa.

Em lojas de produtos para odontologia, vc encontra a pedra pomice em pó. Quanto mais fina melhor.

Após a limpeza com álcool de madeiras oléosas , como o jacarandá , vc já pode ir aplicando o pó com uma boneca embebida na sua receita de goma laca. Seja com mastic ou não. O lance do mastic é que esta resina melhora a aderência entre camadas. Nesta fase de preparação não uso a sandarac, para evitar que a base fique muito dura.

Voce vai colocando o pó e passando a boneca, Quanto de cada? É FEELING, não dá pra ensinar isso. quando os póros estiverem fechados pode lixar com lixa 500 ou 600 sempre no sentido dos veios e daí começar a aplicação da goma laca (Agora com Sandarac), quatro a seis aplicações por dia até que esteja do seu gosto, Pode levar duas semanas, talves quatro. Não espere por grandes resultados no começo. e coloque sempre um pouco de goma laca pura dentro do enchimento da boneca.

Em Granada os luthiers mais tradicionais não admitem outro acabamento que não seja este. Verniz de balcão só pra os instrumentos abaixo de 500 euros.

Hermanos Conde, Fleta, Bellido e outros famosos , nunca usaram verinz de balcão.

Boa sorte.

16/11/08

Sergio

Um amigo archetier me deu um preparo como sendo dicromato, porém ao invés de esverdear como citou o Gedson, deixou amarelada a madeira tanto acero como abeto, depois de bem seco fica um tom de madeira envelhecida mesmo…será que é dicromato mesmo???

16/11/08

Sergio

Ahh…apreveitando, alguém pode comentar e explicar sobre clara de ovo como selador……

17/11/08

Luthier Tavares

A palavra correta é BICROMATO.

A clara de ovo é usada com cera de abelha e cola bem diluida, mas não gostei, prefiro usar verniz incolor, funciona melhor.

Clara de ovo é bom com acuçar, depois de bater em vene, faz-se uma bolinhas e leva ao forno, depois é só saborear. Haha……

18/11/08

Sergio

Hehehe….boa Tavares….mas li em outra comunidade sobre usar tanto Bicromato como Dicromato para realçar os flames do maple e esse meu amigo tinha os dois já preparados: Um com tom amarelo pálido deixa a madeira um tanto esverdeada como já citou o Gedson, o outro é um líquido alaranjado que ao aplicar na madeira essa fica bem amarela e depois de seco fica com um tom pardo bem legal….como ele não soube me dizer qual era qual, resolvi perguntar aqui….vou procurar por Bicromato de potássio como vc descreveu…..a propósito, que verniz seria esse que vc cita como incolor, seria aqueles usados em tela de pintura, do tipo Acrilex?

25/11/08

Atelier

já usei a clara de ovo pura, e funciona muito bem

o tapa poros fica bem transparente e uniforme

qnto ao dicromato se vc nao aplicar com mascara o cheiro pode fazer mau, ele parece nao ter cheio mais exala uma substancia muito perigosa.

o silicato é muito duro, e pode atrapalhar um pouco.

vc pode usar agua de cola tbm

eu uso muito vernice bianca

e gosto bastante, como disse eu esperimentei muita coisa já, pedra pomisse tabm é uma boa, talco mineral tbm, tem muito

mais eu uso mais vernice bianca mesmo

ate mais

25/11/08

Atelier

caro sergio

o que vc diz que ficou parto é o dicromato de potácio

25/11/08

Sergio

Rudson, o pomice funciona bem no violão que tem superfície plana, no violino é parada dura, mas venho usando a um bom tempo….sobre a clara, como faço para aplicá-la (achei estranho o Tavares falar daquele jeito, pois quem me falou sobre ela foi o Wesley daqui da comuna, que se informou com um luthier que fez curso em Cremona)….e o vernice bianca onde encontrar, esse eu não havia ouvido falar…abç!

Carlos Eduardo

o pomice que falam é a pedra pomes odontológica?

Estou correndo atrás disso, e já me falaram da pedra pomes para fechar os poros, só que até agora não consegui uma boa definição de como usar. Vou usar em violões mesmo, o acabamento será ou em verniz nitro ou PU. Só que os produtos para fechar poros necessitam muitas camadas, e quero deixar o verniz bem fino.

26/11/08

Atelier

olha sergio eu apliquei com boneca a claro

é so deixar secar bem.

todos os luthiers de cremona usam claro ou bianca.

me passe seu e-mail que te mando a recaita da bianca ok

abraço

26/11/08

Lucio Marcos de

A pedra pomes odontológica que alguns falaram é esta aqui?

http://www.shopdental.com.br/pedra-pomes-p-16.html

26/11/08

Luthier Tavares

Verniz incolor é sem corante algum, mesmo que tenha um tom alaranjado é chamado de incolor.

26/11/08

Luthier Tavares

Pedra pomes em pó sempre foi usada para o polimento do verniz.

26/11/08

Atelier

Paulo

a pomice tbm tapa os poros

tbm serve como tampome

abraço

27/11/08

Sergio

Carlos, dá uma olhada nesse link…é um tutorial completo:http://www.milburnguitars.com/fpbannerframes.html

Rudson meu email é: almeidasr@gmail.com

Abraço a todos!

29/11/08

Carlos Eduardo

Obrigado Sérgio, vou dar uma olhada com calma.

20 mar

Carlos Eduardo

Uma coisa que me levantou curiosidade estes dias, no preparo da goma laca, tem aquela “cera” que decanta no fundo. Sempre uso a parte superior, como me indicaram, e aquela parte que decanta, tem alguma utilidade? Fiquei pensando estes dias e resolvi perguntar antes de jogar fora.

21 mar

Gedson

Carlos Eduardo

Vc disse q não usa a parte q decanta pq disseram pra não usar, certo? Te disseram porque?

Carlos Eduardo

Gedson, não me falaram o porque, só me deram a dica de deixar decantar, e usar o que está por cima. Até a pessoa me falou que para acelerar o processo dos flocos dissolverem eu poderia deixar um tempo em banho maria e depois deixar decantar.

Aqui eu preparei a laca, deixei decantar e passei para outro pote só a parte de cima, e a cera está em um outro pote, mas agora não sei se jogo fora.

21 mar

Carlos Eduardo

Achei isto em um site agora:

“O tipo mais comum vendido no Brasil, inclusive pela General Iron Fittings, é a laranja, ou gomalaca ruiva. Seu verniz é alaranjado/amarelo, e dá um tom “quente” à madeira. Nós ainda vendemos a gomalaca decerada: seu verniz é muito mais transparente e resistente à umidade que o da gomalaca ruiva.”

22 mar

Gedson

Goma laca

Penso q a cera contida na goma laca deixa seu verniz menos quebradiço. Mas em geral os luthiers de violão gostam de uma verniz mais dura mesmo. Se vc usar somente a parte superior, seu verniz será tb mais brilhante.

Acredito q em seu caso seja mais interessante ainda usar as já deceradas q citou. Tenho dois tipos q comprei na Dick-Alemanha e me parecem muito superior à famosa asa de barata. Eles tem de três cores : Rubi (superior shelac), laranja (komet shelac)e amarelo (astra shelac).

Mas se quiser uma verniz mais “macia” use com cera, e use a “parte superior como verniz de acabamento, para polir e dar brilho

22 mar

Carlos Eduardo

Gedson, mas no caso a cera também deixa mais opaca, né?

Os primeiros testes que fiz com ela sempre usava do jeito que diluia, até agitava ela antes de usar.

No caso então o ideal seria ter um pouco de cera para não deixar quebradiça? Teria uma proporção, por assim dizer? O pote que separei tem uns 400ml de goma laca, e no fundo ainda decantou perto de 20ml de cera. Em porcentagem, o que seria ideal para não deixar a laca quebradiça?

23 mar

Luthier Tavares

Sergio

Verniz incolor é o que voce faz antes de adicionar corante.

Apesar de não ser totalmente incolor é chamado de incolor porque na realidade ainda não tem cor e se aplicado assim o instrumento ficará horrivelmente palido e sem vida.

24 mar

Gedson

cera na goma laca

Carlos

Acredito q uma verniz composta simplesmente de goma laca sempre vai ser quebradiça. Sinceramente não sei dizer quanta cera deve deixar…Não acredito q a cera deixe a verniz opaca. Assim eu deixaria toda a cera. Se ela pode atrapalhar, acho q somente no tempo de secagem para o polimento, deve demorar um pouco mais! Acho q vc deve experimentar e comparar resultados, pois para mim, luthier de violinos, a verniz deve ser macia. Amigos meus, luthiers de violão, em geral preferem a verniz mais dura. Eu não posso então afirmar qual é o melhor resultado pra vc. Mas considere os fatores e experimente.

26 mar

Sergio

Pessoal, eu uso goma-laca nos instrumentos já á alguns anos e sempre alcansei um brilho intenso…..já usei goma pura só com alcool, hoje uso com um pouco de essencia de terebentina e breu, sempre misturo a cera que fica no fundo e pra alcansar brilho mais intenso vou afinando a goma-laca a cada demão até passar a boneca praticamente seca umidecida apenas com álcool´, continuo usando a “asa de barata”, mas pretendo testar as importadas que citou o Gedson, também estou para usar a goma-laca alemã, ela é realmente incolor, pois a “asa de barata” é amarelada naturalmente….sobre cor, no início eu tingia a goma com anilina, hoje faço o tingimento na madeira com álcool e um minimo de goma só pra fixar, depois uso só a goma sem corante…..

9 abr

Fábio

olá amigos!!!

como eu arrumo plantas de baixo??

e gostaria de dicas p/fzr um bass!!!

fiquem com deus!!!

abraçOssS a todos….

13 abr

Atelier

esqueci de dizer que é bom colocar algumas resinas, é claro sabendo controlar o valor de cada uma pra que o verniz nao fique duro demais nem mole demais

Gedson

Vernice Bianca

Acredito q este tòpico seja o único (ou um entre pouquísssimos) nos fóruns do orkut que discute coisas interessantes a respeito de verniz. Já q ele tomou rumos bem diferentes do tema proposto: “Sabão de Própolis”; resolvi escrever a respeito de uma coisa q tem me incomodado (neste tópico) a respeito do q foi falado sobre “vernice bianca”. Vou falar embasado na única fonte q tenho q cita esta nomenclatura: “vernice bianca”; q é o Livro de Simone F Sacconi , “I segreti di Stradivari”; se alguém tiver outra fonte real, por favor, acrescente.

“A baixo calor, dissolve-se em água 25 grs de goma arábica, meia colher de mel e 1/4 de colher de açucar cristalino. Filtrado e resfriado, acrescenta-se o que desprende a clara de um ovo batida em neve (albume).”

” Os antigos o chamavam (este composto) de Vernice Bianca!”

Sacconi afirma ter encontrado este tipo de isolante em alguns instrumentos de Stradivari, e teria a função de isolar o tratamento químico dado à madeira do verniz colorido, dado o fato q os materiais colorantes usados na época oxidavam ao entrar em contato com os elementos usados no tratamento da madeira.

25 abr

Carlos Eduardo

Eu cheguei a tentar coar o verniz, mas não deu muito certo, na peneirinha passou tudo, não adiantou muito, e no pano mesmo, ele absorveu parte do verniz e perdi bastante coisa. O que fiz foi deixar decantar e fui retirando a parte de cima e passando para outra embalagem, mas seguindo os conselhos, devolvi uma parte da cera. Na caixa do violão e braço seria melhor mesmo o verniz mais duro, mas para o tampo o verniz mais maleável é melhor. Até eu envernizo somente o tampo na goma laca, o braço e caixa faço no verniz nitro moveleiro ou verniz PU moveleiro.

25 abr

Gedson

Rudson

Pelo q eu entendi vc não gostou muito da receita… De minha parte acho q niguém, nesses anos todo do livro “I Segreti di Stradivari”, gostou tb. Afinal estamos falando de violino e não de “Maçã do Amor”! Com todo respeito a Sacconi.

Eu postei essa citação porque vi um termo de liuteria (o é na minha opinião), mudando de sentido, sob minha constatação de q o q foi citado como vernice bianca trata-se simplesmente de Verniz incolor. Note: “Vernice Bianca” não é um verniz, é um material isolante; Verniz incolor é verniz propriamente dito!

Lembrando a todos q o q eu postei não é uma receita minha ou uma opinião, Trata-se de uma citação de Sacconi em seu livro!

25 abr

Gedson

Carlos Eduardo

Para coar sua verniz, experimente aquelas meias femininas, meia calça. E coe separadamente a parte mais “suja”. Perde um pouco, mas nada significativo. outra dica é coar a verniz a uma temperatura de 40° mais ou menos. Passa melhor, pois a cera gruda menos no tecido.

25 abr

Carlos Eduardo

Gedson, será que a intenção não era deixar o som mais doce? hehehe 🙂

Então, eu comprei as peneirinhas de tinta mesmo para coar, um com a malha bem fina, só que não deu muito certo, por isso passei para o pano. Mas agora talvez eu consiga melhor no pano, pois comprei um coador de alumínio que substituo a malha, então posso usar um pano no lugar, o pano menor vai absorver bem menos. Mas obrigado pela dica.

7 mai

Gedson

Rudson

Engraçado chegar algo assim a sao Paulo… è a globalização!

Vamos lá… Verniz de Própolis.

Não sei se tem gente usando aqui no ES, mas eu andei fazendo umas experiências e não passou disso.

O cheiro ficou muito forte, e a própolis q usei tinha uma quantidade muito grande de cera. A cor ficou muito esverdeada. Não gostei! Mas com certeza há soluções para estes problemas.

8 mai

Luthier Tavares

O propolis pode ser usado como um dos componentes do verniz.

Gedson

Verniz de Própolis

…parece q até Stradivari, nos últimos anos de vida, se rendeu à goma laca… deve ter tido um motivo, rsrrsrsr!

Se o q o saconi afirma em seu livro é verdade, o verniz cremonês de própolis, é inviável em termos práticos, porque é muito frágil, difícil secagem, blá, blá! Mas é lindo.

O Negroni afirmou em cremona q a Própolis da Lombardia é superior a própolis do resto do mundo, porque além de conter a proporção ideal cera/resina, não possui a incômoda cor verde. Ainda comentou sobre óleos essenciais e outros elementos benéficos à verniz presente nesta própolis.

Mas acho q devemos experimentar sempre… O Brasil é grande e possui uma diversidade muito grande…

11 mai

joseph

Na troca de idéias acho q é importante distinguir o q é pra violino e o q é pra violão ou guitarra, como fez o Sérgio em 25/11/08.

Voltando ao “bianca”, eu tenho outras receitas se interessar. É comum se falar em colher disso, colher daquilo, sem q se saiba se trata-se de colher de sopa, colher de sobremesa ou colher de chá. Outro dia vi uns caras discutindo sobre isso num forum estrangeiro e mostrando suas receitas. Havia variações de medidas e de uso de componentes. Um só usava mel, outro só usava açucar, outro só clara de ovo e po aí vai. Aliás, se não me engano, deve-se usar um tipo específico de açucar.

Valeu!

13 mai

Atelier

Gedson

Realmente o verniz é lindo mesmo, eu ja li artigos sobre o verniz de laca na cremona antiga, ele deve ter tido motivos mesmo kkkkkk

mais nao sei se aki no Brasil encontraremos propolis que nao seja verde kkkk

18 mai

joseph

Alguém aí já usou o verniz de terebentina de William Fulton? Eu encontrei duas receitas do cara, uma deste verniz e outra de sabão de própolis. Lá consta assim: “used as a ground for violin varnish” (usado como base para verniz de violino). Eu gostaria de saber se base, aqui, seria o mesmo que selador, tapa-poros.

Um abraço.

26 mai

joseph

Obrigado Atelier!

4 COMENTÁRIOS

  1. Olá li os comentários e a respeito da existência de outra propolis que não seja a verde…Existe a propolis vermelha. No nordeste do Brasil. Caso tenham interesse, somos produtores. A cor é maravilhosa!! Abraços

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar!
Digite seu nome!